Uma das maiores dúvidas para quem tem filhos adolescentes é se a musculação atrapalha o crescimento. Os exercícios físicos não só não atrapalham, como são benéficos para o desenvolvimento do jovem. Porém, dependendo da idade, há certos cuidados necessários a se tomar.

Musculação atrapalha o crescimento de adolescentes?
Musculação atrapalha o crescimento de adolescentes? / Reprodução: Canva

A maior preocupação em relação à academia para adolescentes é a premissa de que ela retarda o crescimento do jovem – o que não é verdade, desde que executado com cuidado. 

Além disso, por ser ainda um corpo em desenvolvimento, o risco de lesões e o início da suplementação – pois os adolescentes começam a buscar um visual mais forte e atlético – podem ser motivos de questionamentos para os pais.

Então, qual é o momento certo para o adolescente começar a malhar?

Não há uma idade pré-definida, pois isso pode variar para cada pessoa. O ideal seria realizar uma avaliação e um acompanhamento com o médico do adolescente.

Por ainda ser um corpo em desenvolvimento, o ideal é que se inclua exercícios aeróbicos, como corridas, ciclismo, futebol, entre outros, para evitar lesões. Além disso, é possível recomendar o treino de força, como musculação, mas com uma intensidade menor do que adultos com o corpo já totalmente formado.

A musculação para adolescentes pode trazer benefícios como melhores habilidades motoras, aptidão cardiorrespiratória, maior flexibilidade e agilidade, equilíbrio e coordenação dos grupos musculares utilizados nos exercícios passados pelo educador físico.

Há outros pontos positivos, como melhora do humor, controle dos níveis de cortisol, aumento da resistência óssea e redução do percentual de gordura. Com o aumento da massa magra e com os hormônios influenciando o organismo, os adolescentes que praticam musculação podem ganhar mais saúde, boa forma e confiança em si mesmos.

Como falamos anteriormente, a maior preocupação que se deve ter com adolescentes na academia é a intensidade do treino de força. Isso porque, justamente por não terem toda a estrutura muscular e óssea totalmente desenvolvidas, o risco de lesão pode ser maior.

Por isso, optar por exercícios de peso livre ou pesos leves é o ideal para que se comece. Se possível, ter acompanhamento de um personal trainer para corrigir a postura e orientar sobre outras dúvidas é o ideal.

Outra dúvida muito comum é se adolescentes podem suplementar.

Veja os mitos e verdade sobre a suplementação alimentar:

Mitos e Verdades da Suplementação Alimentar // TPTV #21

A suplementação alimentar comumente utilizada por praticantes de academia consiste de dois suplementos básicos: creatina e whey protein

Os dois são seguros para que adolescentes os utilizem: a creatina é uma substância que nosso corpo já produz naturalmente e auxilia no ganho de força, enquanto o whey protein nada mais é do que proteína em pó – podendo ser substituído por ovo ou carnes, sendo utilizado somente se há falta de proteína na dieta do jovem.

A musculação na academia é segura para os adolescentes?
A musculação pode trazer muitos benefícios para os adolescentes / Reprodução: Canva

Os adolescentes, cada vez mais, preferem atividades como vídeo game e computador do que atividades físicas. Por isso, ter o apoio dos pais para que iniciem uma rotina de exercícios pode ser fundamental para a manutenção da saúde. Na TotalPass, o seu filho adolescente já pode ser incluído no plano a partir dos 16 anos.

Como ainda são muitos jovens, o corpo responde rapidamente aos incentivos físicos dados pelos esportes. Por isso, quando a preocupação for se a musculação atrapalha o crescimento, a resposta é: não, muito pelo contrário. A rotina de academia pode trazer muitos benefícios ao adolescente.

Acompanhe a TotalPass!

Gostou do nosso conteúdo? Confira também nossas redes sociais (Linkedin e Instagram) e veja dicas sobre atividade física, alimentação, bem-estar, saúde mental e nutrição.  

Confira também nosso canal no YouTube! A TPTV traz conteúdos exclusivos sobre gestão de equipes, liderança, saúde mental e qualidade de vida no trabalho, receitas, treinos e muito mais.

Para conhecer mais sobre os nossos planos e as redes parceiras, clique aqui.

E aí, bora?