Não tem como falar sobre a forma como as empresas operam, sem considerar toda a mudança que aconteceu com a chegada da pandemia. Isso inclui também as lideranças e a forma como ela atuava e como tem atuado de agora em diante.

Já que adaptamos nossa realidade das mais variadas formas – máscaras, distanciamento, home office etc -, o seu estilo de liderança também precisa se adaptar. Para te ajudar, reunimos 5 dicas para ser um bom líder no novo normal.

Uma coisa é fato: é o momento de se preocupar mais com o cliente, como resolver os problemas de forma ágil e oferecer uma experiência encantadora em todos os pontos de contato com o seu negócio.

O portal americano Inc.com e o Journal of Business and Psychology publicaram um estudo realizado com 220 alunos de universidades americanas. Este estudo teve como objetivo entender como os líderes podem agir em gestões presenciais, on-line ou com a mistura dos dois. Confira as conclusões que eles chegaram:

1 – Mais monitoramento

Certo, isso vai contra a maioria dos conselhos sobre liderança no novo normal que você já deve ter ouvido falar. Mas não estamos falando sobre cobrar o colaborador a todo instante e muito menos checar se ele está em sua mesa de trabalho a cada meia hora, afinal, essa prática será cada vez menos comum de agora em diante. 

A dica é buscar ferramentas que possibilitem acompanhar o andamento do projeto e das tarefas. Assim também é possível medir a produtividade da equipe. O estudo citado acima apontou que as pessoas respeitavam mais os líderes que acompanhavam e garantiam que os projetos estivessem dentro do prazo.

Só tenha cuidado com as cobranças e monitoramento excessivo, pois os níveis de ansiedade já estão acima da média. Mesmo distante, é preciso criar uma conexão mútua e de participação.

2 – Feedbacks precisam ser ampliados

Como líder, é importante dedicar um tempinho para conversar com cada colaborador sobre como está sendo o desempenho dele, quais pontos poderiam ser melhorados e como ele está se sentindo em relação à equipe e a empresa. 

Já que estamos vivenciando um mundo mais virtual, é importante reservar alguns minutos na agenda para garantir que essa conversa realmente aconteça, ok

3 – Comunicação é o ponto chave

Com tantas mensagens a tantas pessoas, as chances de incompreensão e pontos perdidos podem aumentar. Por isso, o líder precisa saber o que cada membro da equipe está executando para garantir que o todo seja entregue da maneira em que foi combinada. 

O gestor de projetos, Pedro Ruiz, da Made in Web – empresa great place to work -, conta como tem sido a sua experiência de liderar remotamente: 

“Está sendo um desafio me organizar, me adaptar com a gestão de forma remota. Mas um ponto que eu considero muito importante nesse momento é a organização de médio a longo prazo de um projeto. 

Diferente do escritório que você consegue perceber se uma pessoa está precisando de ajuda ou está com alguma dificuldade só de olhar para a pessoa. Sem uma boa organização no trabalho remoto, você pode acabar se perdendo e não consegue dar a atenção que a equipe precisa”.

4 – Seja mais altruísta

Segundo o co-autor do estudo Cody Reeves para o portal Inc.com, o altruísmo é fundamental para ser reconhecido como um bom líder.  “Aqueles que tomam tempo para fazer uma pausa e ajudar outras pessoas nas tarefas têm maior probabilidade de serem vistos como líderes”.

5 – Cuide de verdade da sua equipe

É um momento que requer muita inteligência emocional e espiritual. A inteligência emocional ajuda sobre as relações interpessoais e refletem na sua própria gestão das emoções.

Já a espiritual nos leva a um autoconhecimento mais profundo sobre nossos ideais. Isso também pode ser replicado para a sua equipe.

Abra diálogos entre o time, gere desenvolvimento e segurança psicológica. Equilibre investimentos na atividade principal do negócio com o incentivo às novas oportunidades e modelos de negócio.

“No dia a dia no escritório, você sai para almoçar com o time, conta uma piada ou alguma coisa que acontece ali na rotina de trabalho. No formato remoto, está cada um no seu canto. Se a gente não se falar, contar alguma coisa engraçada do dia a dia, a gente vai ficando muito isolado e isso distancia as equipes”, conta Pedro.

A TotalPass desenvolveu um E-book para falar um pouco mais sobre Autocuidado e Produtividade, e como você, líder, pode colaborar no bem-estar dos seus colaboradores.