ESG é a sigla em inglês para “environmental, social and governance”, ou seja, é a medição das práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa. Ter bons resultados no balanço financeiro de sua empresa não significa não se preocupar em construir um mundo mais sustentável – muito pelo contrário. 

Empresas preocupadas com práticas socioambientais e de governanças tendem a ter resultados mais promissores, já que também adotam práticas mais sustentáveis em outros aspectos como o econômico e a gestão de riscos.

O que é ESG
A importância do ESG para a sua empresa / Reprodução: Canva

Além disso, o ESG também é utilizado para caracterizar investimentos com critérios de sustentabilidade, no qual os investidores analisam fatores ambientais, sociais e de governança de uma empresa. Por isso, ter práticas de ESG em sua empresa pode ser um diferencial competitivo no mercado. Confira!

Afinal, o que é ESG?

Como dito anteriormente, ESG é a sigla em inglês de environmental, social and governance, ou meio ambiente, social e governança corporativa, em tradução livre. Ou seja, são critérios seguidos por empresas preocupadas com aspectos socioambientais e de governança para além de somente resultados.

Muitos investidores levam esses critérios como fundamentais na hora de avaliar uma empresa. Por isso, as organizações têm, cada vez mais, implantado políticas socioambientais e de governança corporativa.

Os aspectos ESG consideram como a empresa lida com o meio ambiente, seu relacionamento com os colaboradores, clientes, comunidade, acionistas e executivos. Neste sentido, cada vez mais negócios serão desenvolvidos com o objetivo de ter um impacto positivo no mundo – o que também se torna algo muito valioso para o consumidor final, que adota como critério a sustentabilidade em suas compras.

Vale ressaltar que empresas de ramos diferentes podem se preocupar com o que cabe a cada uma, não precisando que se adote todas as práticas. Por exemplo, uma indústria pode se comprometer com a redução na emissão dos gases do efeito estufa, assim como uma empresa de construção civil pode focar na gestão de resíduos.

Desmistificamos o ESG:

Entrevista com Marco França, sócio-fundador Auddas

Vamos analisar o que cada uma das letras da sigla significam.

E: meio ambiente

O aspecto ambiental do ESG diz respeito não somente a diminuir o impacto da indústria na natureza, mas também a outros critérios como:

  • Gestão de resíduos e logística reversa;
  • Uso de recursos naturais;
  • Eficiência energética;
  • Poluição do ar e da água;
  • Aquecimento global e emissão de carbono;
  • Biodiversidade;
  • Desmatamento;
  • Escassez de água.

S: social

O aspecto social do ESG diz respeito a como a empresa lida com as pessoas que fazem parte do seu universo, tanto interno como externo. São exemplos de critérios analisados:

G: governança

O aspecto governança do ESG influencia diretamente nos critérios anteriores, já que são a base para as políticas que serão adotadas pelas organizações. Vemos as seguintes questões analisadas neste aspecto:

  • Ética e transparência da empresa;
  • Remuneração dos executivos;
  • Estrutura empresarial;
  • Independência e composição do Conselho;
  • Inclusão e diversidade dentro da administração;
  • Estrutura do comitê de auditoria;
  • Relação com entidades do governo e políticos;
  • Existência de um canal de denúncias.
Empresas que adotam ESG costumam ter melhores resultados
Adotar políticas ESG pode ser benéfico para a sua empresa / Reprodução: Canva

A separação destes três pilares do ESG se dá apenas para fins didáticos, já que eles devem ser pensados juntos e colaborativamente dentro de uma organização. Se as empresas buscam por novos investidores e por colaboradores engajados e produtivos, adotar políticas de ESG se tornou fundamental.

Acompanhe a TotalPass!

Gostou do nosso conteúdo? Confira também nossas redes sociais (Linkedin e Instagram) e veja dicas sobre atividade física, alimentação, bem-estar, saúde mental e nutrição.  

Confira também nosso canal no YouTube! A TPTV traz conteúdos exclusivos sobre gestão de equipes, liderança, saúde mental e qualidade de vida no trabalho, receitas, treinos e muito mais.

Para conhecer mais sobre os nossos planos e as redes parceiras, clique aqui.

E aí, bora?