As doenças ocupacionais se referem às condições de saúde que estão diretamente relacionadas às atividades desempenhadas pelo colaborador em sua função de trabalho.

Tendo em vista que o local de trabalho é onde as pessoas passam grande parte do seu dia, são diversos os motivos que levam a uma doença ocupacional, seja física ou mental.

Saiba quais são as doenças ocupacionais mais recorrentes, suas principais causas e veja como preveni-las!

Principais causas de doenças ocupacionais

Entre as principais causas das doenças ocupacionais encontram-se:

  • Movimentos repetitivos;
  • Postura inadequada;
  • Pressão psicológica;
  • Levantamento e transporte de objetos pesados;
  • Condições para alto nível de estresse, como metas e demandas inalcançáveis;
  • Trabalho em pé ou sentado com pouca movimentação;
  • Exposição a ruídos;
  • Utilização de produtos químicos.

Tipos de doenças ocupacionais

Confira abaixo seis exemplos de doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho.

Lesões osteomusculares

As lesões osteomusculares são causadas por movimentos repetitivos e má postura, prejudicando os ossos, músculos e tendões envolvidos, como a tendinite.

Dorsalgias

Quando falamos em profissões que realizam levantamento e transporte de cargas, a hérnia de disco é uma das doenças ocupacionais mais frequentes. No entanto, pode atingir pessoas que passam muito tempo em pé ou sentadas com postura inadequada.

Transtornos mentais

Engana-se quem pensa que as doenças ocupacionais são apenas físicas. Existem, também, transtornos mentais ocasionados por pressão psicológica, estresse, violência no trabalho, comunicação agressiva etc., como ansiedade e depressão. 

Lesões nas articulações

Novamente, postura inadequada e movimentos repetitivos com cargas são as maiores causas. Além disso, fatores como obesidade e sedentarismo podem aumentar as chances de lesões articulares.

Varizes

Sofrem de varizes, especialmente, pessoas que fazem uso de computadores durante todo o expediente ou grande parte dele. Isso porque a circulação sanguínea nas pernas é comprometida, dilatando as veias dessa região.

Problemas auditivos

A exposição a ruídos pode comprometer o bom funcionamento da audição e até mesmo levar à surdez de condução, neurossensorial ou mista. Por isso, há uma legislação que adota a marca de 85 decibéis para oito horas de trabalho como limite.

Prevenção de doenças ocupacionais

Para prevenir doenças ocupacionais físicas, é necessário que haja a adequação do mobiliário e dos equipamentos, além de permitir pausas durante o expediente para que o colaborador possa andar, se sentar ou se alongar.

Em relação ao uso de força e levantamento de cargas, uma boa alternativa é orientar a diminuição do número de repetições e da velocidade na execução das tarefas.

Quanto aos transtornos mentais, são inúmeras as ações possíveis: aderir à comunicação não agressiva, definição de metas alcançáveis, boas relações interpessoais, valorização do colaborador, benefícios corporativos e muitas outras.

Seja para evitar doenças ocupacionais físicas ou mentais, incentivar a prática de atividades físicas é um grande diferencial para fazer com que os colaboradores se sintam valorizados e para promover o bem-estar, já que aliviam sintomas de estresse e ansiedade.

Com a TotalPass, um benefício corporativo que oferece acesso às melhores academias e estúdios do país, isso é possível. Veja como funciona a TotalPass!