A pesquisa de satisfação organizacional, geralmente feita em forma de questionário, é uma ótima ferramenta para medir o nível de contentamento e entender as expectativas dos colaboradores. Assim, é possível identificar pontos de atenção e pontos fortes do clima organizacional como um todo.

Saiba a importância da pesquisa de satisfação, o que abordar e confira como realizá-la em cinco passos! 

Por que fazer pesquisa de satisfação?

Em uma empresa, ter uma comunicação interna clara precisa ser uma via de mão dupla. É necessário que a gestão esteja aberta a críticas construtivas, sugestões e também elogios, assim como os colaboradores. 

Ao fazer uma pesquisa de satisfação, é possível saber a opinião dos funcionários sobre diversos aspectos importantes, pois, muitas vezes, a falta de alinhamento e atitude pode desmotivá-los. Quando se tem ciência de suas opiniões, encontrar soluções e aumentar o engajamento da sua equipe fica muito mais fácil.

O que abordar na pesquisa de satisfação?

Você já parou para pensar o que pode influenciar no clima organizacional? Quando fazemos isso, percebemos que não se trata apenas do salário. Alguns fatores importantes são: 

  • relacionamento com colegas e líderes; 
  • entendimento dos processos e do negócio; 
  • remuneração e benefícios; 
  • equilíbrio entre vida pessoal e profissional; 
  • identificação com a cultura da empresa;
  • oportunidades de crescimento; 
  • infraestrutura e mobiliário. 

Pesquisa de satisfação em 5 passos

Aprenda como fazer uma pesquisa de satisfação prática e eficiente! 

1. Defina um objetivo

Existe um problema específico? Não? Essas são perguntas fundamentais para dar início ao processo. Se “sim” é a sua resposta, direcione uma maior quantidade de perguntas sobre esse tema específico no questionário. 

2. Escolha a metodologia e elabore as perguntas

Atualmente, há vários softwares por aí que fazem a pesquisa de satisfação online de maneira automatizada, o que pode ser uma mão na roda. No entanto, também é possível que o RH elabore a pesquisa. A escolha da metodologia fica a seu critério.  

3. Execute a pesquisa

Com o objetivo, a metodologia e as perguntas a postos, é hora de enviar o questionário para a equipe. Nesta etapa, é importante incentivar a participação, mas não impor como uma obrigatoriedade. 

4. Analise os resultados

Verifique as respostas que mais e menos se repetiram, levando em consideração cada funcionário e setor. Desse modo, você conseguirá chegar à etapa a seguir. 

5. Conclusão

Depois da execução, esta é a parte mais importante do processo. Afinal, é a conclusão que servirá de base para a busca de soluções ou, até mesmo, para detectar os fatores em que a equipe já está satisfeita. 

Bônus: saiba o que é pesquisa de satisfação NPS

Diferentemente da pesquisa de satisfação organizacional, a pesquisa NPS é voltada para o nível de satisfação dos clientes da empresa. Entretanto, ambos os tipos contam com o mesmo objetivo: gerar contentamento. 

Gostou deste post? Não deixe de conferir tudo sobre metodologia OKR aqui, no blog da TotalPass!