A depressão e ansiedade são doenças cada vez mais comuns no nosso dia a dia, principalmente depois da pandemia, em que todos fomos obrigados a nos distanciar socialmente de pessoas queridas. Segundo dados da ONU, quase 20 milhões de brasileiros sofrem com depressão e mais de 10 milhões sofrem com ansiedade. Essas doenças devem ser tratadas com medicamento e acompanhamento psicológico, porém aliar a isso uma dieta saudável com alimentos que combatem a depressão e ansiedade pode ajudar.

Alimentos podem ajudar a combater depressão e ansiedade. Foto: Reprodução/FreePik

Além de cuidar de alimentos que devem ser incluídos na dieta para aliviar os sintomas de ansiedade e depressão, é importante cuidar dos que devem ser retirados, como cafeína, bebidas energéticas, álcool e comidas com excesso de gordura e açúcar.

Quais alimentos ajudam no combate a depressão e ansiedade?

Para ajudar a combater a depressão e ansiedade, é necessário que se consuma alimentos ricos em nutrientes que ajudem a elevar os níveis de serotonina circulantes no sangue, pois esse hormônio é responsável por promover sensação de bem-estar e melhora do humor.


Confira alguns nutrientes e alimentos que são essenciais para serem consumidos juntos com o tratamento da depressão e ansiedade.

Triptofano

Ele não é produzido naturalmente pelo corpo, por isso é essencial que seja suplementado por meio da dieta. Você o encontrará em peixes, ovos, nozes, castanhas, banana e chocolate amargo.

Ômega-3

Assim como o triptofano, o ômega-3 não é produzido naturalmente pelo nosso corpo e, por isso, precisa ser suplementado. Além de auxiliar na depressão, ele também possui ação anti-inflamatória e fortalece o sistema imunológico.

Você pode encontrá-lo em peixes (como salmão e atum), linhaça dourada, chia e folhas verde escuras.

Cálcio

Ele é essencial para a coagulação no sangue, contração muscular e transmissão nervosa. Ele está, principalmente, em leite e derivados.

Magnésio

Ele atua no relaxamento de alguns músculos esqueléticos, dos vasos sanguíneos e do trato intestinal, além de influenciar diretamente na produção e transporte de energia. Você poderá encontrá-lo no chocolate (70% ou mais), castanhas, arroz integral, aveia, abacate, banana e amêndoas.

Vitaminas do Complexo B

Por atuarem diretamente na nossa saúde mental, elas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão e ansiedade. Você encontrará elas em alimentos como leite, espinafre, fígado, melancia, ameixa, couve manteiga e frango.

Vitamina C

Ela ajuda na síntese de moléculas que servem hormônios e neurotransmissores, ajudando diretamente no combate a depressão e ansiedade. Alimentos como laranja, acerola, tangerina, limão, abacaxi, amora e goiaba são ricos em vitamina C.

Fibras

As fibras são essenciais para que o intestino funcione bem e, consequentemente, eleve os níveis de serotonina. Consuma alimentos integrais, farelo de aveia, linhaça e semente de abóbora.

Como deve ser feito o tratamento para depressão e ansiedade?

É importante lembrar que depressão e ansiedade são doenças e, como tais, devem ser tratadas por um médico especializado e com remédios, além do acompanhamento psicológico. Porém, junto ao tratamento, incluir em sua rotina exercícios físicos e uma alimentação saudável e balanceada poderá ajudar na melhora e eficiência do processo terapêutico.

Isso porque ter a flora intestinal saudável ajuda na prevenção da depressão e na melhora do humor, já que as bactérias boas que vivem no intestino são responsáveis por produzir e armazenar mais da metade da serotonina disponível no organismo. Por isso, incluir o uso de probióticos como kefir ou iogurte natural são essenciais para a manutenção desses índices.

Acompanhe a TotalPass!

Gostou desse conteúdo? Confira todos os nossos canais nas redes sociais (Linkedin e Instagram) e veja dicas sobre atividade física, alimentação, bem-estar, saúde mental e nutrição.  

Confira também o canal da TotalPass no YouTube! A TPTV traz conteúdos exclusivos sobre gestão de equipes, liderança, saúde mental e qualidade de vida no trabalho, receitas, treinos e muito mais. Até a próxima!

Para conhecer mais sobre os nossos planos e as redes parceiras, clique aqui.