Cultura organizacional é o nome dado ao conjunto de hábitos, crenças, métodos e valores de uma empresa. Ela define e molda a essência da empresa, podendo ser percebida no tratamento com seus clientes e parceiros no dia a dia de seus colaboradores, que têm como papel seguir e levar adiante a cultura da empresa.

O grande desafio da cultura organizacional é sair do papel, visto que muitas empresas possuem valores incríveis em seus planos de intenção, porém na prática nada do que foi escrito é visto. A atitude deve partir de todos os membros da empresa, moldando o ambiente planejado.

A cultura empresarial é a base da empresa. Com isso, sua avaliação pode contar muito em diversos aspectos, seja no engajamento dos colaboradores ou até mesmo na retenção de novos talentos. Sendo assim, com uma cultura positiva aos olhos de quem vê de fora, a empresa ganha prestígio e atratividade no mercado.

Qual a importância da cultura organizacional

A cultura organizacional é fundamental ao explicar o comportamento de todos dentro da empresa, mostrando o rumo que ela pode tomar, com melhorias e mudanças.

Para isso, o planejamento deve ser muito bem feito, definindo precisamente a essência da empresa e o rumo que ela pretende tomar.

Com uma cultura planejada, os colaboradores recebem um norte para alcançar seus objetivos, impulsionando a empresa como um todo. Ao reforçá-la, obter o controle do que ocorre na empresa se torna mais fácil e prático, podendo guiar as equipes para alcançar o sucesso.

Como definir a cultura organizacional

Para a definição adequada da cultura de sua empresa, é importante começar pelos fatores básicos, como a expressão cultural que é vista diariamente.

A cultura organizacional é única, ou seja, cada empresa deve moldar a sua do zero, a partir de seus princípios e objetivos como empresa, podendo realizar pesquisas com os colaboradores para entender seus comportamentos e essências.

O processo de molde da cultura de uma empresa se inicia com seus fundadores, que de início planejaram a essência da empresa, como ela deve se comportar e seus objetivos futuros. A base moldada pelos fundadores ao longo do processo de evolução da empresa deve ser passada para seus colaboradores e, posteriormente, a definição oficial dos três pilares da empresa: missão, visão e valores.

Esses três pilares são fundamentais para a implementação de uma cultura organizacional dentro de uma empresa. São eles que vão ditar os processos e como devem ser trabalhados por todos. Com uma integração entre eles, o posicionamento da empresa em relação às outras se torna mais relevante.

Benefícios de uma cultura organizacional

Para a empresa como um todo, os benefícios de uma cultura organizacional planejada e aplicada são de grande relevância.

O engajamento dos colaboradores, por exemplo, com uma cultura organizacional que os valoriza e entende que suas funções são vitais para a empresa torna-os muito mais engajados e interessados em seus objetivos e metas, aumentando a produtividade da empresa como um todo.

Tudo isso sem contar a retenção de novos talentos, que, ao pesquisarem por vagas, irão se interessar por culturas organizacionais já estabelecidas, tornando um fator decisivo a empresa possuir seus valores e objetivos definidos para os colaboradores.

Outros fatores que influenciam na retenção de novos talentos são aspectos como employer branding da empresa e seus benefícios corporativoscomo funciona a TotalPass, que oferece aos colaboradores uma série de academias com um processo muito mais acessível.

Com uma cultura organizacional estabelecida, fica muito mais fácil obter sucesso com o mercado externo e com a relação positiva que a empresa tem com seus colaboradores.