Não podemos pensar na saúde física e mental como duas esferas separadas em nossa vida. Isso porque o corpo e a mente estão conectados e, se um não funciona, o outro tende a desestabilizar. Neste sentido, fazer exercícios físicos pode ajudar a melhorar a saúde mental.

Melhores exercícios para saúde mental
Os exercícios físicos podem trazer benefícios para a saúde mental

Os exercícios físicos são conhecidos por liberarem diversos hormônios que ajudam no bem-estar, como a serotonina, a dopamina, entre outros. Assim, teoricamente, quem pratica mais atividades físicas é menos propenso a desenvolver depressão, ansiedade e outros transtornos mentais.

Porém, apesar de os benefícios dos exercícios físicos para a saúde mental serem amplamente conhecidos, às vezes é muito difícil dar o primeiro passo para começarmos.

Os motivos podem ser diversos: desde não ter tempo para treinar ou até mesmo falta de vontade.

Se você é uma pessoa que não gosta de musculação, por exemplo, pode deixar de se exercitar por pensar que aquele tipo de exercício é o que traz mais benefícios. Então, como você não tem motivação para malhar, acaba não fazendo nenhuma outra modalidade.

Cada modalidade de exercício possui seus próprios benefícios e, se exercitar, independente do que seja, é melhor do que manter uma vida sedentária. Assim, o importante é se mexer!

Por isso, o primeiro passo para que você faça atividades físicas é escolher aquela que mais se encaixa no seu gosto: seja uma caminhada, um treino de funcional, alguma luta ou até mesmo a musculação.

Segundo um estudo da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, o tempo mínimo necessário de atividade física é de 30 minutos diários ou três horas e meia por semana, para compensar um dia inteiro sentado.

Além disso, outro estudo feito pela Universidade de Massachusetts, também nos Estados Unidos, concluiu que andar pelo menos sete mil passos por dia reduz de 50% a 70% a mortalidade por qualquer causa.

Ou seja, você não deve se preocupar em fazer o exercício “certo”, até porque ele não existe, mas sim deve encontrar aquele tipo de atividade que você mais gosta e faça sempre. Ter constância no treino (de caminhada, corrida ou qualquer outro) é muito mais importante do que fazer um exercício intenso de vez em quando.

Mas, entre tantas opções de exercícios físicos, quais são os melhores para a saúde mental? Veja nossa lista a seguir!

Os melhores exercícios físicos para a saúde mental

Como falamos anteriormente, não existe um exercício que seja melhor do que os outros, nem que seja o único certo. Porém, na hora de começar a se mexer, você pode ficar em dúvida sobre qual modalidade escolher. Por isso, fizemos uma lista com boas atividades físicas para a sua saúde mental.

1. Caminhadas e corridas

Caminhar é bom para a saúde mental
A caminhada é um ótimo exercícios para a saúde mental

Como o cérebro só precisa de 30 minutos por dia de um exercício moderado e caso você não tenha o hábito de praticar atividades físicas, começar com uma caminhada pode ser uma ótima pedida.

As caminhadas são ótimas para a saúde mental, pois ajudam a aliviar as tensões musculares e liberam endorfinas no cérebro. Além disso, são um tipo de exercício de baixo impacto, com pouco risco de causar uma lesão.

Se for possível em sua cidade, caminhe perto de parques ou lagos, pois transformará essa atividade numa experiência mais prazerosa.

Caso você já tenha criado o hábito da caminhada, que tal tentar testar uma corridinha?

2. Yoga

O yoga é ótimo para a saúde mental
O Yoga é um exercício que ajuda a melhorar a saúde mental

O Yoga é uma prática muito recomendada para quem quer aliar atividade física, relaxamento e autoconhecimento. Isso porque ela varia entre exercícios de baixa, média e alta intensidade, além de treinar a flexibilidade e a concentração, por meio de exercícios de meditação.

3. Esportes em equipe

O vôlei é ótimo para a saúde mental
Esportes em equipe, como o vôlei, são ótimos para a saúde mental

Caso você ainda não consiga manter constância em um treino sozinho, que tal praticar esportes em equipe?

Independentemente do esporte, ter um grupo de amigos para se exercitar junto pode ser algo que motiva muito, além de você cuidar da sua saúde física.

A prática de esportes em grupos influencia bastante na saúde mental, justamente pelo fator social do esporte.

Por isso, encontre um esporte que você e seus amigos gostem de praticar e procurem se encontrar, pelo menos, duas vezes por semana!

4. Aulas na academia

Aulas na academia são ótimas para a saúde mental
Fazer aulas de dança na academia pode melhorar a saúde mental

As aulas na academia, como fit dance, bicicleta ou funcional, podem ser uma boa oportunidade para quem gosta de práticas coletivas, porém não consegue reunir os amigos.

Diversas academias possuem diferentes modalidades e horários de aula, você pode buscar o que mais se encaixa na sua rotina de exercícios.

Assim, você poderá se exercitar e ainda conhecer novas pessoas.

5. Musculação

Musculação é ótima para saúde mental
A musculação pode ser uma boa atividade para a saúde mental

A musculação é um dos exercícios que auxiliam na saúde mental, já que trabalha aspectos como concentração, postura e posterior relaxamento dos músculos após a atividade física, além de liberar serotonina durante a prática.

Além disso, ir até a academia e realizar um treino de musculação pode gerar um alto grau de satisfação no praticante, de dever cumprido.

Independentemente do exercício escolhido, incluir uma prática física na sua rotina de compromissos pode melhorar a sua saúde mental, além de prevenir transtornos como depressão e ansiedade. A lista que fizemos é apenas uma sugestão, fique à vontade para encontrar o que você mais gosta!

Acompanhe a TotalPass

Gostou do nosso estudo? Confira todos os nossos conteúdos nas redes sociais (Linkedin e Instagram) e veja dicas sobre atividade física, alimentação, bem-estar, saúde mental e nutrição.  

Confira também nosso canal no YouTube! A TPTV traz conteúdos exclusivos sobre gestão de equipes, liderança, saúde mental e qualidade de vida no trabalho, receitas, treinos e muito mais.

Para conhecer mais sobre os nossos planos e as redes parceiras, clique aqui.

E aí, bora?

Agora tudo pode, Agora é TotalPass