Muitos equipamentos são usados durante o treino, né? Podendo ser pesos livres ou máquinas. Entre eles, pode-se dizer que o treino com halteres é um dos mais praticados pelos alunos que frequentam a academia, visto a versatilidade para trabalhar diferentes grupos musculares, como superiores e inferiores.  

treino com halteres
Quer incluir um treino com halteres? Saiba mais!

Pensando nisso, se você desejar adicionar o halter na lista de equipamentos para melhorar a sua rotina de treino, nós responderemos as seguintes dúvidas antes: 

Gostou e quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura para não perder nada!

Por que o treino com halter é uma boa escolha?

exercício avanço com halteres
Treino com halteres: fazer ou não fazer? Confira!

Ao frequentar a academia, você provavelmente já deve ter visto vários alunos praticando alguns exercícios com halteres, né? Embora seja importante incluí-los na rotina de treino, poucas pessoas sabem o que faz deles serem uma boa escolha, visto a variedade de equipamentos para usar no treino.

Segundo o profissional de educação física Leandro de Paiva, formado pela Anhanguera e pós-graduado em personal training pela Universidade de São Paulo (USP), muitos artigos contradizem os benefícios dos treinos com halteres, mas será que isso é verdade? “Na minha visão, o treino com halter serve para desenvolver a estabilidade muscular e desenvolver a coordenação”, explica. 

Por outro lado, é uma boa escolha para os alunos que desejam melhorar a força muscular. Afinal, diferente das máquinas, visto que muitas delas possuem amortecimento e auxílio, o uso de halteres exige maior dedicação durante os exercícios. 

Além disso, é um acessório/equipamento versátil durante o treino, uma vez que ajuda a trabalhar várias partes do corpo, como peito, bíceps, tríceps, costas e, inclusive, pernas e bumbum. Mas atenção: para que seja possível alcançar bons resultados, o acompanhamento de um profissional de educação física é essencial. 

Quais são os benefícios do treino com halter?

homem fazendo exercício com halter
O treino com halter pode ajudar a melhorar a força

Será que um acessório tão pequeno possui benefícios durante o treino? A resposta é simples: sim! Afinal, assim como qualquer equipamento, o segredo está na execução e não na carga, e isso não seria diferente com o halter. 

“Sendo mais funcional, tendo uma gama enorme de movimentos, ele ajuda a melhorar a amplitude dos movimentos e a aperfeiçoar o treino a partir da individualidade de cada aluno”, comenta Paiva. 

No que diz respeito à amplitude do movimento, o halter ajuda a alongar e exercitar ao máximo a articulação, ou seja, fazendo com que o aluno vá até o seu limite. Já sobre aperfeiçoar o treino, isso acontece porque cada pessoa possui as suas limitações, sendo preciso adaptar o treino para que atenda às suas necessidades. 

“Os benefícios de ter um treino com halter vão além, sendo possível desenvolver a estabilidade muscular e, consequentemente, ter um recrutamento muscular maior durante a execução”, explica.

A seguir, nós selecionamos alguns outros benefícios do treino com halter para te incentivar a incluir no plano de treino: 

  • Aumenta o equilíbrio;
  • Aumenta a massa muscular;
  • Ajuda a fortalecer os músculos;
  • Melhora a flexibilidade corporal;
  • Melhora a estabilidade articular;
  • Auxilia no aumento do metabolismo;
  • Traz mais liberdade para a execução dos movimentos;
  • E muito mais!

Muito benefícios, né? Para ter esses e muitos outros no treino com halteres, lembre-se de respeitar os seus limites e, sobretudo, peça auxílio ao professor da academia. 

Para quem os exercícios com halteres são indicados?

“Estou iniciando na academia, será que os exercícios com halteres são indicados para mim?”, a resposta é: depende! Embora ele seja indicado tanto para iniciantes quanto para profissionais ou pessoas que já frequentam a academia, é preciso tomar alguns cuidados, visto os riscos de lesão. 

“Os exercícios com halteres são indicados para pessoas que já têm consciência corporal sobre os movimentos a serem executados, neste caso, pessoas com conhecimento intermediário a avançado”, comenta o profissional de educação física.

No entanto, desde que com supervisão de um profissional, uma pessoa iniciante também pode colocar o exercício com halter no plano de treino

Quais são os erros comuns no treino com halteres?

professor ajudando a aluna com o treino com halteres
Quer treinar com halter? Peça orientações ao professor da academia!

O uso de carga excessiva e problemas na execução são alguns dos erros mais comuns no treino com halteres ou em qualquer outro exercício, independente do acessório usado. 

Isso só acontece porque muitos alunos têm a mentalidade que quanto mais peso pegar, melhor. Ao fazer isso, além de trazer alguns erros de execução da técnica, as chances de lesão são maiores. 

Em relação aos exercícios com halteres, é preciso se atentar a postura, uma vez que muitos dos resultados, como ganho de massa muscular ou fortalecimento muscular, estão atrelados a essa questão pouco observada pelos alunos, justamente pela falta de conhecimento e instrução.

Caso faça exercícios com halteres, nós temos uma pergunta para te fazer: será que você faz algum movimento errado? A seguir, separamos uma lista com os erros mais comuns:

  • Pouca estabilidade no core;
  • Falta de controle nos movimentos;
  • Respirar errado durante o exercício;
  • Segurar os halteres com os pulsos dobrados;
  • Não envolver o tronco, prejudicando a postura;
  • Falta de firmeza nos punhos, deixando-os mais soltos;
  • Não trabalhar todos os ângulos e amplitudes de movimento;
  • Não completar as repetições, ou seja, fazer movimentos curtos;
  • Não solicitar auxílio de um profissional nas primeiras execuções.

Alguns desses erros podem parecer óbvios, sendo que, na verdade, acontecem com mais frequência do que muitas pessoas imaginam. Corrigi-los é essencial para quem deseja ter um bom desempenho durante os exercícios com halteres. 

7 opções de exercícios com halter para incluir no treino 

mulher treinando core com halter
Muitos exercícios podem ser feitos usando halter. Confira alguns!

Mas, afinal, quais exercícios fazer com halter? Na dúvida de qual escolher, Paiva selecionou algumas opções de técnicas para trabalhar diferentes grupos musculares, tanto superiores quanto inferiores. Vamos lá?

1 – Supino inclinado com halteres

  • Primeiro, escolha o peso dos halteres;
  • Em seguida, pegue um banco reclinável e ajuste-o para 45 graus;
  • Depois, sente-se, encoste e deixe os braços inclinados, formando um L;
  • Eleve os braços para cima até que fiquem completamente esticados e retorne à posição inicial;
  • Repita o movimento.

2 – Remada curvada com halteres

  • Após o escolher o peso do par de halteres, segure-os um em cada mão;
  • Em seguida, mantenha os pés alinhados aos ombros;
  • Depois, flexione levemente os joelhos;
  • Incline-se para a frente, deixando o tronco a 45 graus do chão. Evite arquear as costas, combinado?
  • Agora, contraia os músculos do abdômen;
  • Puxe os braços e mantenha os cotovelos próximos das costelas e retorne a posição;
  • Repita o movimento.

3 – Desenvolvimento de ombro com halteres

  • Após escolher o peso do par de halteres, sente-se em um banco e apoie as costas;
  • Em seguida, segure os halteres e mantenha-os com as palmas das mãos voltadas para a frente;
  • Depois, mantenha o peito aberto e os cotovelos para os lados em um ângulo de 90º;
  • Agora, eleve os braços com os pesos para cima;
  • Volte o braço devagar até a linha do ombro e repita o movimento.

4 – Rosca martelo com halteres

  • Após escolher um peso confortável;
  • Segure um halter em cada mão. Lembre-se de deixá-las viradas uma para a outra;
  • Mantenha os cotovelos estendidos e bem próximos ao tronco;
  • Depois, mantenha as costas retas e os pés alinhados a largura dos ombros;
  • Agora, flexione os cotovelos e levante os pesos até a altura dos ombros;
  • Retorne à posição inicial de forma controlada;
  • Repita o movimento. 

5 – Tríceps francês com halter

  • Primeiro, selecione um halter com o peso de sua preferência;
  • Em seguida, sente-se no banco e mantenha o peso acima da cabeça;
  • Antes de fazer o movimento, gire os braços para dentro, deixando-os próximos das orelhas;
  • Depois, desça o peso e estique os cotovelos até a altura em que ele se mantenha atrás da sua cabeça;
  • Retorne à posição inicial e repita o movimento.

6 – Agachamento sumô com halter

  • Primeiro, escolha um peso médio;
  • Depois, mantenha os pés afastados, se possível, na largura dos ombros e virados para fora no ângulo de 45 graus;
  • Segue o halter na frente do corpo e deixe os braços completamente esticados; 
  • Agache e leve os quadris para trás, deixando as coxas paralelas ao chão;
  • Lembre-se de manter as costas retas, combinado?
  • Retorne à posição inicial e repita o movimento.

Se preferir e quiser ganhar mais amplitude, é possível adaptar o agachamento sumô com steps. 

7 – Avanço com halteres 

  • Segure um halter em cada mão;
  • Em seguida, mantenha o peito aberto e contraia o abdômen;
  • Depois, deixe as mãos viradas para dentro e encostadas na lateral do corpo;
  • Dê uma passada longa para frente com uma das perna e mantenha a outra inclinada para o chão até encostar o joelho;
  • Retorne à posição inicial e repita o mesmo movimento com a outra perna.

Em relação à quantidade de séries e repetições, converse com o professor da sua academia. Bom treino!