Sabe o que é check-up de exames e a importância para a sua saúde? De modo geral, essa prática consiste em uma série de diagnósticos por meio de testes clínicos, laboratoriais e de imagem. A partir deles, é possível avaliar o paciente e, em seguida, diagnosticar possíveis condições para alguns sintomas ou doenças.

Mulher fazendo check-up de exames
O teste ergométrico é uma ótima opção para quem deseja praticar atividade física. Saiba mais!

Pensando nisso, para te ajudar a entender melhor sobre o check-up médico, confira quais assuntos você vai encontrar neste artigo:

  • O que é check-up de exames?
  • Quais são os exames mais indicados?
  • Por que é importante realizar o check-up antes de praticar atividade física?
  • O que fazer para praticar atividade física de forma saudável?

O que é um check-up de exames e quando fazer?

Médico medindo a pressão do paciente
O check-up pode ser feito por meio de vários testes clínicos. Confira!

Você com certeza já deve ter ouvido muito falar em “check-up de exames”, conhecida também como o ato de checar a sua saúde por meio de vários testes clínicos, laboratoriais e de imagem, a depender do que o médico sugerir. 

Segundo o médico Leonardo Jarra, formado pela Faculdade de Medicina de Petrópolis, esses exames podem acontecer em periodicidade anual e não são recomendados serem realizados sem uma finalidade útil. “Se o paciente não tiver comorbidade e/ou sintomas justificáveis para a solicitação do check-up, qualquer resultado, mesmo que alterado, ele não vai ter uma plausibilidade”, pontua.

“O check-up vai depender do evoluir e acompanhamento desse paciente. Por isso, é sempre necessário que ele mantenha todo acompanhamento periódico com o seu clínico e, a partir disso, solicite a checagem”. Além disso, o médico ressalta que esse exame só é solicitado no contexto de screening (triagem), quando é analisado e visto todos os parâmetros de saúde.

Por fim, Jarra explica que o paciente jamais deve realizar qualquer tipo de exame por conta própria, somente sob orientação de um profissional da área da saúde. “É preciso ter uma finalidade e acompanhamento médico”, finaliza a sua orientação sobre realizar ou não um check-up de exames.  

Quais são os exames mais indicados?

Ao fazer um check-up médico, é possível solicitar inúmeros exames conforme a situação do paciente por meio do profissional da área da saúde. 

De modo geral, muitos exames podem ser solicitados, mas existem aqueles que são mais comuns, como os clínicos laboratoriais. “Podemos listar os hemogramas, testes de função renal e hepática, TSH e T4 livre (exames de avaliação da função tireoidiana), colesterol e triglicerídeos, exame ergométrico, glicemia em jejum, eletrocardiograma, entre outros”.

Lembrando que, para fazer os exames mencionados, é preciso passar por uma consulta para avaliação médica e, se for necessário, o profissional solicitará o andamento dos testes. 

É preciso fazer check-up antes de praticar atividade física?

Mulher se exercitando no parque
O check-up pode auxiliar o atleta caso possua algum tipo de doença silenciosa. Confira!

De modo geral, a atividade física pode exigir bastante esforço físico por parte da pessoa que vai praticá-la. Além disso, caso ela tenha algum tipo de doença silenciosa ou que ainda esteja em fase inicial (sem ser descoberta), essa prática pode prejudicar e até mesmo agravar o quadro clínico em vez de contribuir para a melhora do paciente.

Jarra explica que o check-up antes das atividades físicas tem o importante papel de estabelecer se esse paciente se encontra apto ou não para a realização de modalidades de grande desempenho físico. 

“Pessoas que possuem um histórico de sedentarismo (muito prolongado ou grave), obesidade severa ou problemas cardiopulmonares, podem apresentar restrições e limitações à sua condição clínica e física na realização de alguns tipos de atividade física”. Desse modo, é importante ter um acompanhamento médico e, após as orientações, realizar o check-up antes de qualquer modalidade esportiva.

O que fazer para praticar atividade física de forma saudável?

Mulher comendo fruta após atividade física
A dieta alimentar guiada pode contribuir para uma vida mais saudável. Saiba mais!

É importante seguir algumas recomendações para garantir a sua saúde e bem-estar em relação à modalidade escolhida. Por isso, o primeiro passo consiste em mudar o estilo de vida, mas, afinal, como fazer isso?

Jarra explica que pequenas mudanças práticas do dia a dia são ótimas maneiras de garantir melhora no estilo de vida e, consequentemente, impactar nos resultados da modalidade escolhida. “Essas ações contribuem para a resposta do seu organismo e metabolismo frente às atividades, bem como em relação ao ganho de massa muscular e maior desempenho e bem-estar”.

A dieta acompanhada de um nutricionista é uma ótima alternativa para quem deseja aderir à prática da atividade física de forma saudável. “Esse hábito alimentar precisa ser balanceado e nunca deve ser decidido de maneira autônoma, pois precisa ser guiado por um profissional”, complementa o médico sobre a importância da alimentação saudável com os treinos.

Além disso, o profissional recomenda a prática de atividades aeróbicas, pois podem reduzir o risco de inúmeras doenças crônicas, como, por exemplo, a obesidade, os problemas cardíacos, a pressão alta, a diabetes, entre outras complicações relacionadas à saúde. “As atividades aeróbicas podem ser diárias ou de 3 a 4 vezes na semana, sempre de forma gradual”. 

Por último, não se esqueça das atividades físicas voltadas para o lazer, combinado? Ao movimentar o seu corpo ao ar livre, você adquire mais foco, concentração e pode melhorar a sensação de felicidade e bem-estar para as próximas etapas da sua rotina.

Agora que você já sabe a importância do check-up de exames e da atividade física na promoção da saúde e bem-estar, lembre-se de seguir essas recomendações mencionadas e busque sempre a orientação médica para entender sobre o seu quadro clínico.